domingo, setembro 30, 2012

O importante é não desfitar os olhos

Via Facebook, sem rasto de origem

As mulheres não contam?



As mulheres não contam?


http://jornal.publico.pt/noticia/30-09-2012/as-mulheres-nao-contam-25334013.htm#.UGgMIEa_2qo.facebook


Frei Bento Domingues conquista assim a condição de mulher honorária, confirmando-se uma vez mais homem inteiro e livre. Bem vind@!

Recorto o final

3. A reflexão teológica na Igreja não tem sentido desligada da experiência concreta das comunidades cristãs. É, por natureza, contextual. A descoberta dos direitos e do seu papel na sociedade obrigaram as mulheres cristãs a fazer uma verificação: a nossa situação é esquizofrénica. Por um lado, participamos na emancipação das mulheres na sociedade e, por outro, é-nos dito que na Igreja não pode ser assim, tem de ser diferente, pois ela não existe para reproduzir a sociedade, mas para a evangelizar na fidelidade a Jesus Cristo. Manifesta-se, precisamente aqui, um dos aspectos do debate. Na constituição hierárquica da Igreja, não há lugar para as mulheres. Não têm acesso aos ministérios ordenados, pois decretaram que o sacramento da Ordem não é para elas.

Se os ministérios ordenados são para servir, perguntam-se: que haverá em nós, por sermos mulheres, que nos impede de ser chamadas a servir as comunidades cristãs? Surge-nos a dúvida: se fosse verdadeiramente um serviço, seríamos as primeiras a ser chamadas. Como se trata de poder, fica privilégio de homens. Note-se que nem todas pretendem ser chamadas a preencher a lacuna da falta de vocações masculinas. Mas não escondem o que as comunidades católicas teriam a ganhar com as virtualidades da diferença feminina nos ministérios ordenados. O que não suportam, enquanto cristãs, é que as mulheres não contem na orientação da vida das comunidades cristãs e sejam reduzidas ao estado pré-cristão em que Jesus as encontrou.

A Igreja nunca poderá aceitar a vontade do Simão Pedro do evangelho apócrifo segundo Tomé: "Maria deve ir embora, pois as mulheres não são dignas da vida." A resposta do Jesus desse evangelho é dos diabos: "Vede, vou atraí-la para que se torne macho, a fim de que ela também se torne um espírito vivente que se assemelha a vós, machos."

terça-feira, setembro 25, 2012

Público - Governo deixa cair a TSU e fica sem saber como pôr o país a crescer


A CCP propôs que se deveria tributar os fornecedores de telecomunicações, energia e combustíveis que têm aumentado os "custos de contexto" das empresas. A CGTP propôs uma panóplia de impostos que arrecadarão 6000 milhões de euros - criação de uma taxa de 0,25% sobre as transacções mobiliárias (2000 milhões), de um novo escalão em IRC (1000 milhões), sobretaxa de 10% para dividendos de grandes accionistas (1600 milhões) e metas no combate à evasão fiscal com metas (1100 milhões). 
Na sua intervenção, o ministro das Finanças gerou tensão ao afirmar ser essencial manter a austeridade e que a saída não era incentivar a procura interna. Mas terá espantado mais quando - segundo a CGTP - afirmou estar de acordo, grossomodo, com as propostas desta central. Inclusivamente, fazia parte de um grupo de trabalho europeu que defendia a introdução da taxação das transacções mobiliárias à escala europeia. O Ministério das Finanças não respondeu ao pedido de confirmação do PÚBLICO. 
O primeiro-ministro afirmou que levava da reunião a necessidade de alargar o esforço a todos. E foi isso que afirmou à saída: a contribuição também do capital e do património, de "impostos directos" e do "esforço que já estava pensado para o reescalonamento do IRS", afirmou. Aumentar ou reduzir o IVA está fora de questão. A tributação sobre o tabaco irá subir. 
A possibilidade de mais impostos em 2013 ficou no ar quando o Governo tem esgrimido, por várias vezes, o seu compromisso de reduzir a despesa pública em 4000 milhões de euros em 2013 e 2014, sem que se perceba onde. João Proença, da UGT, e Arménio Carlos, da CGTP, saíram da reunião a alertar os portugueses de que a intenção que está na forja pelo Governo é aumentar os impostos e que o protesto não pode parar. 
Para promoção da competitividade, houve um consenso entre sindicatos e confederações patronais de que são os custos de contexto das empresas - e não os custos salariais - que mais pesam sobre as empresas.

Público - Governo deixa cair a TSU e fica sem saber como pôr o país a crescer

segunda-feira, setembro 24, 2012

Sobre a leitura, Eliana Yunes, Brasil 2012


Rede Bibliotecas Escolares: Sobre a leitura: A leitura como compreensão do sentido dos textos e do mundo; a leitura e o analfabetismo funcional; a  leitura, o mundo e a vida...

Sem mediadores de qualidade apaixonados pela experiência de ler, sem professores envolvidos, não há bibliotecas escolares com equipamento suficiente para mobilizar leitores, na escola ou ao longo da vida.

O grande investimento é em gente!

sexta-feira, setembro 14, 2012

Poetry is the unknown guest


Um poema de LAWRENCE FERLINGHETTI, inesquecível Larry, hoje com 92 anos


Poesia é o Convidado Desconhecido na casa.
Poetry is the Unknown Guest in the house.


Poesia, a ficção suprema.
Poetry the supreme fiction.

Poesia é "graffiti" eterno no coração de cada um.
Poetry is eternal graffiti in the heart of everyone.

Poesia é a essência das ideias antes
de serem destiladas em pensamento.
Poetry is the essence of ideas before
they are distilled into thought.

É o calão de anjos e diabos.
It is the street talk of angels and devils.

Poesia é a anarquia dos sentidos fazendo sentido.
Poetry is the anarchy of the senses making sense.

É feita com as sílabas dos sonhos.
It is made with the syllables of dreams.

Poesia não vale nada e por isso não tem preço.
Poetry is worth nothing and therefore priceless.

Poesia, o perfume da resistência.
Poetry the perfume of resistance.

Poesia desconstrói o poder. Poesia absoluta
desconstrói absolutamente.
Poetry deconstructs power. Absolute poetry
deconstructs absolutely.

Ela ama o sussurro dos elefantes.
It hearts the whisper of elephants.

O poeta é um batedor de carteiras da realidade.
The poet a pickpocket of reality.

Poesia é fornicação contra o destino.
Poetry a fornication against fate.

Poesia é o verdadeiro tema da grande prosa.
Poetry is the real subject of great prose.

Um poema ainda é um toque
na porta do desconhecido.
A poem is still a knock
on a door of the unknown.

Poesia sobre poesia é poesia falsificada.
Poetry about poetry is counterfeit poetry.

Poesia não tem género, mas tem sexo.
Poetry has no gender but isn’t sexless.

Quando são tratados como cães, os poetas uivam.
When poets are treated like dogs, they howl.

A ideia de poesia como campo da luta de classes
perturba o sono dos que não desejam
ser perturbados em sua corrida pela felicidade.
The idea of poetry as an arm of class war
disturbs the sleep of those who do not wish
to be disturbed in the pursuit of happiness.

15 de setembro, combinado?



“Vai, mísero cavalo lazarento…”

A brutal austeridade, que o actual Governo impõe e parece querer aumentar com o próximo orçamento, ainda acabará por repetir a conhecida história do cavalo do inglês (ou será espanhol? ou escocês?): à força de paulatinamente ir reduzindo a ração ao animal, o pobre equídeo findou-se a morrer de fome. “E logo agora que já estava a habituar-se a viver sem comer!...” lamentava-se o dono.
Assim vai Portugal agonizando, cada vez mais empobrecido. A troika ainda nos terá que colocar o epitáfio do famoso soneto de Tolentino: “Aqui, piedoso entulho os ossos come/ Do mais fiel, mais rápido sendeiro,/ Que fora eterno a não morrer de fome".
Ourém, 10 de Setembro de 2012
José Sousa Dias

Realmente, é preciso fazer qualquer coisa de extraordinário.
https://www.facebook.com/events/402643499798144/


Onde? Como? http://www.queselixeatroika15setembro.blogspot.pt/

sexta-feira, setembro 07, 2012

ALFINete: Literacia+, um combate europeu decisivo


Commissioner Vassiliou said: "We are witnessing a paradox: while reading and writing is more necessary than ever in the context of our digital world, literacy skills are inadequate. We urgently need to reverse this alarming situation. Investment in improving literacy among citizens of all ages is cost effective as it produces tangible benefits for individuals and society, which in the long run could reach billions of euros." 
In turn, Princess Laurentien added that reading and writing is much more a technique than a skill. "Literacy is related to people's self-esteem and their ability to operate and flourish as individuals in society, as active citizens, as workers or parents. We need clear, coordinated strategies, and much better awareness across Europe, not only in circles of politics and education, but also in hospitals, workplaces, and especially the families. It is time for Europe to increase its level of ambition and to ensure literacy for all”, she said.


ALFINete: Literacia+, um combate europeu decisivo: No anúncio do Programa da UE: Andreas Vassilious, Comissária Europeia para a Educação, Cultura, Multilinguismo e Juventude, e a Princesa L...

quarta-feira, setembro 05, 2012

O livro



O livro


E quando chegares à dura
pedra de mármore não digas: «Água, água!»,
porque se encontraste o que procuravas
perdeste-o e não começou ainda a tua procura;
e se tiveres sede, insensato, bebe as tuas palavras
pois é tudo o que tens: literatura,
nem sequer mistério, nem sequer sentido,
apenas uma coisa hipócrita e escura, o livro.

Não tenhas contra ele o coração endurecido,
aquilo que podes saber está noutro sítio.
O que o livro diz é não dito,
como uma paisagem entrando pela janela de um quarto vazio.
 
Manuel António Pina
Os Livros
, Assírio & Alvim, 200
3